Profissão Mãe #7 A rotina e as manhãs Loucas...


O Drama e a Tragédia das manhãs loucas nas nossas casas...parece-lhe familiar? E como manter a calma?
Primeiro preciso que pense nisto muito a sério, as suas necessidades (não haver atrasos, higiene e estar tudo organizado) são diferentes das dos seus filhos ( querem ver  tv, estão ensonados, querem dormir ou brincar mais um bocadinho).


Por isso vou dar-lhe algumas sugestões, para minimizar o stress e os conflitos...

- O seu filho está aborrecido pq vai para a escola e não pode ver o seu programa de tv favorito?
Fácil!!! Arranje espaço na sua Box e grave o programa...se for como eu...ele nem se vai lembrar mais do programa e vão ficar bastantes armazenados por lá...o importante é que ele sinta que você compreende o Drama que é deixar algo que se gosta muito a meio...

- Quando precisar de lhe dizer algo...diga por exemplo.."Calça-te", por favor....em vez de "quantas vezes tenho que te dizer para te calçares...ou daqui a pouco vais descalço para a escola", à primeira vista é como queríamos responder, mas isso só vai aumentar a tensão e não é simpático...

- Vista o seu filho num local certo, sem distracções de tv ou brinquedos...na casa de banho por exemplo.

- Pode fazer um cd com as músicas favoritas do seu filho e coloque todas as manhãs...leve tb no carro se for necessário...para se sentir mais estimulado.

- Na noite anterior prepare quase tudo roupas, comidas, lancheiras...para ser tudo mais rápido...

- Tente arranjar espaço para ser simpática para o seu filho, quando digo isto é pq por vezes o stress retira a nossa cara simpática e a vontade de entrar na brincadeira, pq nos vamos atrasar para a escola do seu filho e depois você para o emprego. Uns minutos de mimos e carinhos ajudam o seu dia e o dia do seu filho...

A nossa necessidade de pontualidade entra sempre em conflito com os nossos filhos por isso o melhor é tentar com a ajuda de todos preparar o mais possível na véspera.


Share this:

Comente

0 Profissão Mães Comentaram!!!:

Enviar um comentário

Desabafe o que lhe vai na Alma!