Constância Parque ambiental ganha borboletário e vulcão



Novos equipamentos relacionados com a geologia, como um vulcão e um borboletário tropical, são os próximos projectos de investimento no Parque Ambiental de Santa Margarida (PASM), anunciou à Lusa o presidente da Câmara de Constância.


Inaugurado em 2002 e com uma média de 30 mil visitantes por ano, este espaço de seis hectares disponibiliza espaços de contemplação, informação e formação ambiental, auditórios, centros de documentação, laboratórios, Internet e exposições.

Tiago Lopes, responsável por este equipamento, disse à Lusa que o futuro borboletário, a inaugurar em 2011, visa "aumentar" as valências existentes e aumentar o número de visitantes, recriando uma ambiente tropical numa estufa de 200 metros quadrados, com plantas e borboletas de grandes dimensões", em regime de semi-liberdade. Os novos projectos incluem também investimentos na vertente da geologia, com a recriação de modelos e ambientes onde se formam as rochas, quer ao nível sedimentar, metamórfico e vulcânico. "Até um vulcão vamos aqui ter", adianta, explicando a aposta num modelo que visa "reforçar a diversidade da oferta da componente pedagógica e formativa".

Segundo disse à agência Lusa Máximo Ferreira, presidente da Câmara de Constância, os novos projectos implicam um investimento global de 546 mil euros, repartidos pelo Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) e autarquia.

Share this:

Comente

0 Profissão Mães Comentaram!!!:

Enviar um comentário

Desabafe o que lhe vai na Alma!