A Mãe Perfeita...


Cris Guerra, 41 anos, é autora dos blogs Hoje vou assim e Para Francisco, escritora, redatora publicitária e mãe do Francisco (não necessariamente nesta ordem). Aqui, ela confessa o conflito entre ser uma mãe perfeita e uma mãe… possível!


“Mães dedicadas levam e buscam os filhos na escola. Mães que fazem o possível contratam um escolar. Mães dedicadas costuram com as próprias mãos os remendos da calça do filho para a festa junina. Mães que fazem o possível correm na véspera para as Lojas Americanas em busca de remendos autoadesivos. E se assustam ao constatar que até agora o produto não foi inventado. E enquanto a mãe dedicada passeia com os filhos na pracinha toda manhã de sábado, a mãe que faz o possível liga a TV no Ben 10 para que o filho lhe dê mais meia hora de sono. Mães dedicadas levam o filho ao dentista. Mães que fazem o possível deixam que a avó o faça.

Mães dedicadas pintam elas mesmas a parede do quarto dos filhos. Mães que fazem o possível sugerem que os próprios filhos o façam. E enquanto a mãe dedicada já idealizou uma opção doce e outra salgada para a próxima atividade escolar do filho, a mãe que faz o possível arde em febre ao receber o pedido da professora para comparecer na próxima segunda-feira levando os ingredientes para montar uma bandeira da Guiné-Bissau comestível. E sonha ter sido sorteada com a bandeira do Japão, em que bastaria colocar uma fatia de tomate sobre a bandeja branca. Mas a mãe que faz o possível dispensa o escolar naquele dia e se emociona ao levar o filho à escola junto com as vasilhinhas de manga, kiwi e cereja picados, e uma caixinha de passas pra fazer as vezes da estrela. E torna-se a heroína do filho em menos de 10 minutos, ao montar uma mal-ajambrada salada de frutas representando a Guiné-Bissau (que ela nem sabe direito onde fica).

E assim, numa tarde de segunda-feira qualquer, a mãe que faz o possível provoca em seu pequeno um sorriso inédito. E descobre que não é nada menos que a melhor mãe do mundo.”

por Cris Guerra


E você que tipo de mãe é?



Siga a Mãe no Facebook e Twiiter.
Siga a Mãe e as suas Sugestões no Pinterest..
Veja as Fotos da  Mãe no Instagram
Escreva à Mãe: blog.srp@gmail.com

Share this:

CONVERSATION

3 Profissão Mães Comentaram!!!:

  1. Eu sou uma mãe frustrada porque quer ser dedicada e só consegue fazer o possível.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hum...não pode sentir-se frustrada...n vale a pena faz o possível e até aposto que o impossível, por isso é perfeita :)

      Bjinho

      Eliminar
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar

Desabafe o que lhe vai na Alma!