Convulsão Febril

O Fonfon tinha ano e meio quando numa tarde de muito calor no Verão, percebi que algo estava errado com ele. Tirei a temperatura e marcava 38,5. Não espirrava e não tinha tosse.

Coloquei-o ao colo por momentos...e lembro-me de ele olhar para mim profundamente e dar o primeiro salto no meu colo, os olhos começaram a revirar, o corpo a estremecer ( eu na altura soltei um grito silencioso interno). Parecia tirado do filme do Exorcista...
Vou a correr com ele para a casa de banho e começo a molhar a testa e o corpo.
O Sr Gaijo não estava em casa, o Jonas estava a brincar e nem deu por nada.
Na altura existiam muitos casos de meningite...e eu fiquei a pensar que podia ser.
Se me perguntarem qt tempo durou?
Para mim foi uma eternidade, ams parece que normalmente elas duravam no caso do Fonfon 1 a 2 minutos.
Algo me tinha escapado neste processo de ser Mãe, de escrever artigos e de falar constantemente com Pediatras e enfermeiras por causa do Portal dobebe.com. Até mesmo a história de uma mamã com os mesmo problemas no forum do Portal dobebe.com parecia que nunca tinha existido.

A verdade para mim naquele momento era...eu tinha feito um reset e o meu filho ia morrer-me ali nos braços...qual Morfeu nos adormece...

Aquilo parou, o Jonas chega e pergunta o que foi? Eu desato a chorar...o jonas olha para o irmão e diz...assim meio a tremer...o mano tá a morrer?
E eu paro e digo...não filho...com uma incerteza que me corta a voz...agarro-me a ele novamente e chamo Fonfon, olha a Mamã...

O Sr. Gaijo chega...sem perceber nada do que se passava, liga para a Saúde 24.

Eu vou explicando tudo com uma voz arrastada e o Fonfon ao meu colo com um ar completamente sereno.

Começava aqui a primeira de muitas aventuras nos hospitais portugueses...e as variadas opiniões que fui encontrando ao longo deste processo e que mudam quando o Pediatra, deixa de o ser e começa a pensar como Mãe ou Pai.

O Hospital fica a meia hora da nossa casa, eu nunca tinha andado de ambulância sequer...e lá fui o caminho todo a pensar o que podia ter ele...???? O que era aquilo???

Fomos sempre muito bem tratados neste processo, o problema aqui é mesmo...uns diziam uma coisa...outros diziam outra.
Ele continuava com febre...e tivemos que lhe dar banhos para passar com água meio morna, tomava Brufen e Ben u ron...de 4 em 4 horas.
A febre passou...perguntaram-me se era a primeira vez...eu disse que sim...e disseram que ele tinha tido uma Convulsão Febril...que não era uma gripe, devia ser uma virose...que provocaria a febre...a parte da Convulsão e aquele triste espectáculo lembrava-me um amigo da adolescência um jovem promissor na modalidade do Skate, o Cláudio...que morreu com 19 anos. Vitima de uma convulsão...mas ele era epiletico e escondeu aquilo de todos nós...comecei a ficar com medo...

Perguntei logo...isto é epilepsia?
Não...para já não, diziam-me...só porque não resiste muito bem à febre...

Lembro-me de ter ficado desconfiada...hoje que escrevo...confesso que sorrio...pq me lembro das figuras que o Sr Gaijo faz quando diz estar a "morrer" de febre com 37.5...
Por isso o Fonfon sai ao Sr. Gaijo.

Nesse mesmo dia e tipo com uma percentagem muito baixa de poder ocorrer ...o meu filho faz a segunda Convulsão Febril...foi doloroso de ver principalmente pq n me deram nada para tomar, dispa-o e corra para a casa de banho lave o seu filho com água morna...mas cuidado o choque pode ser maior...diziam-me...
Foi assim durante uma semana onde ele faria mais uma convulsão, em que não podíamos sair de perto dele, pois a febre caso descesse ou subisse...podia fazer a convulsão...fizemos turnos...mais eu que ele...já se sabe...mas muito pq quis...para ficar mais sossegada...e cheguei...chegamos ao fim dessa semana a parecermos uns farrapos.

Então na semana seguinte falamos com a srª da farmácia que o neto tb tinha convulsões e nos falou no tal Stesolid...
Segui para Lisboa para a consulta com a Pediatra a Drª Isabel Cordeiro  irmã do Drº Mário Cordeiro o guru das coisas dos miúscos...
E ela tentou descansar-me, que existiam crianças assim, que podia ser de família  que me ia receitar o Stesolid e que colocasse assim que a convulsão começasse.
Que ás vezes n acontecia mais...mas aconteceu pelo menos mais...5 vezes...

Em que li e reli a porcaria do papel e pensei...vou estar a drogar o meu filho com este medicamento...que era uma grande porcaria o que aquilo continha...leiam por favor a bula...e que eu quase nem notava a diferença entre aquilo parar logo, qd eu colocava...

Mas eu coloquei pelo menos umas 3 vezes.

O tempo passou e eu pensei que aquilo já tinha passado tb...

A coisa mais estranha foi no HGO.

Foi no Natal de 2011. Estava na casa dos meus pais em Almada.O Fonfon estava meio gripado...e começou a ficar com febre...fui logo para o hospital pq pensei fazer convulsão por convulsão, vou ao hospital e sempre faz lá...WRONG BUTTON

Entro nas urgências com ele a fazer 39 de febre e digo...preciso que alguém o veja já ele está prestes a ter uma convulsão...mandam-me aguardar, eu já tinha dado o Ben u ron...e ela não baixava...39,5
Dirijo-me em modo Mãe em HISTERIA... ele tem 39.5 Como é posso entrar ou ele vai ter a  convulsão no átrio das urgências do hospital???????

A senhora enfermeira diz-me assim...olhe desculpe lá....como sabe que ele tem febre?
Na altura ocorre-me dizer que era bruxa e tal...mas fiquei-me só por sacar do ThermoScan da Braun
(não, este artigo não é patrocinado e não me estou a  fazer ao objecto...pelo qual paguei 50€...quase sem respirar...nem aí, nem ui)
Ela percebeu, mandou-nos entrar, tirou a temperatura...39,5...ele que beba este Brufen...passados 15 minutos e já com 38...entramos para a sala onde tínhamos duas médicas estagiárias e atenção...eu acredito que as pessoas têm que aprender de alguma forma, com a prática...mas deixá-las sozinhas...

Blá, blá...deitam-no na marquesa e garanto-lhes que o que se vai passar é tipo séries da Fox...aquelas com hospitais e tal...

Fonfon deitado na marquesa a ter a convulsão...eu ao lado, o pai mais perto da porta...uma das estagiárias agarra no relógio e começa a contar os segundos, a outra desapareceu aos gritos por um corredor...
Eu dei um encontrão na médica...o Sr. Gaijo do outro lado voa até mim...saca da água de uma torneira que estava perto e vai colocando no Fonfon...eu saco do Stesolid, pq percebo que mais nada vai acontecer...
A outra continua a contar os segundos, minutos....como devia vir no manual de medicina...

Ele pára...qd olho para trás tínhamos uma equipa de enfermeiras e pediatras a assistir...cochicham entre si...
A drª do Relógio diz foram 2 minutos olhando para a outra Pediatra Chef...
A segunda estagiária está a falar com as enfermeiras...
Levam-nos para uma sala...deitam o Fonfon...

Olham para mim e dizem pq é que fez isso?
Fiz o que?
Deu o stesolid?
Respondo um bocado confusa...Pq é para dar assim que ele tem a convulsão...para n durar mt tempo, embora eu saiba o que dar aquilo implica...

MAS NÃO DEVIA...fiquei zonza...irritada, apeteceu-me bater em alguém!!!
Mas como não devia? Estou no hospital...o meu filho tem uma convulsão...uma médica fica a contar minutos e a outra foge a gritar pela equipa médica...disse em modo fuck off...

Pois mas a senhora não devia ter dado, isto dá-se em último caso...a pediatra do seu filho n lhe disse isso?

E aí perdi a paciência...destes anos de informação contraditória...
Não...ela n me disse isso...ela disse para eu dar logo, mal comece a convulsão.
Uns dizem para dar banho, outros que não se deve dar banho...uns que é para dar brufen e ben u ron...outros só ben u ron...
E agora dizem-me que n devo dar o Stesolid???

Está a ver uma prateleira alta...guarde lá em cima responde a Pediatra Chef...

Após esta cena...o Fonfon ficou em observação um dia inteiro...cada vez que alguém passava por mim cochichava aquela foi a que deu o Stesolid ao filho...parecia eu uma corrupta...
Ele melhorou, a febre passou e eu dirijo-me a outra Pediatra Chef que tb lá estava naquela cena toda, mas tinha trocado de turno...e que me diz assim

Tem que guardar aquilo num sitio alto que não chegue lá.(o que para mim n é difícil...hihihi) diz-me ela...
E eu encolho os ombros...
Antes de fechar a porta... sussurra-me sou Mãe e fazia o mesmo...não fez nada de mal...já que ng falava consigo...nem fazia nada...fez muito bem!!!!

Para já com 4 anos o Fonfon não fez mais nenhuma...pode ser que tenha desaparecido...

Alguma mamã com este drama na sua casa? Conte a sua experiência.

                         

Siga a Mãe no Facebook
Siga a Mãe e as suas Sugestões no Pinterest.

Share this:

CONVERSATION

4 Profissão Mães Comentaram!!!:

  1. cara amiga acho que fez muito bem aconteceu o mesmo com o meu neto eu e a filha parecia duas malucas tambem fomos chamadas atencão mas se fosse hoje fazia igual beij

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É muito complicado lidar com uma convulsão, pois de facto as informações são diferentes de Pediatra para Pediatra e isso deixa-nos confusas...por isso aí o melhor é seguir o instinto :)
      Continue a seguir a Mãe!
      Bom fim de semana

      Eliminar
  2. Parei aqui por acaso mas vou contar o meu caso
    Saiamos de casa para ir de fim de semana a Serra da Estrela, ainda na nossa rua oiço um som estranho olho para trás e vejo a minha filha de ano e meio de olhos muito abertos, boca semicerrada, grito para o meu marido parar o carro e chamar o 112, a custo tirei-a da cadeira pois o seu corpo estava hirto, foram os piores minutos da minha vida sem ter noção do que estava a acontecer ela não reagia a nada e eu (não sei porquê pensei que ela se estava a sufocar com alguma coisa) meti-lhe os dedos na boca que ela mordeu passados um minuto e meio sensivelmente ela começa a chorar muito mas não tinha reacção motora, chega a ambulância e a caminho do hospital o paramédico observava e fazia perguntas e diz-me que provavelmente foi uma convulsão febril e explicou-me que foi como se houvesse um curto-circuito no cérebro e tivesse que fazer um reset e ia levar algum tempo(pouco) até recuperar as funções. Chegados ao hospital a minha foi observada por as médicas, tinha 38º de febre, uma dose de brufen e fica em observação. Estava tudo bem a febre era devido ao principio de uma amigdalite. Aquilo é horrível de se viver, pensei e disse "ajudem-me que a minha filha está a morrer", a minha filha mais velha com 4 anos muito assustada, o meu marido em pânico atrás da ambulância. NA segunda vez já sabia o que estava a acontecer e fui de carro para o hospital(5 minutos de distância)ficou toda a noite em observação e receitaram-me o Stesolid, mandei um para a escola e andava sempre com outro na mala. A última convulsão foi no consultório do pediatra na consulta dos 4 anos. Nunca cheguei a dar o stesolid. Entretanto e graças a Deus não voltou a ter convulsões. Ainda foi seguida No HFX durante ano e meio sem nunca ter um convulsão no mês que teve alta deu-se a última. Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Mamã Sofia pela partilha.
      É sem dúvida algo aterrador...ainda bem que melhorou:)
      Bjinhos e bom fim de semana
      Siga a Mãe :)

      Eliminar

Desabafe o que lhe vai na Alma!